Mandados de buscas e prisão foram cumpridos pela equipe do delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti na Rua Cantagalo no centro da cidade.


A Polícia Civil realizou uma operação na tarde desta quinta-feira, 13, com objetivo de prender três pessoas que participaram do homicídio de Elenildo Ferreira de Souza, mais conhecido como ‘Pompom’, ocorrido na madrugada do dia 1º de janeiro na Rua Deputado José Bandeira, no Bairro Chácara São Vicente em Delmiro Gouveia no Sertão de Alagoas.

Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, que coordenou a operação, dois mandados de prisão e um de busca e apreensão foram cumpridos na Rua Cantagalo, onde os suspeitos residem, na ocasião eles não foram encontrados e nada que pudesse incriminá-los.

O delegado ainda frisou que com o ‘desaparecimento’ dos suspeitos, eles passam a ser considerados foragido da justiça.

Cavalcanti ainda informou que o motivo do crime foi por um celular. “Pompom foi acusado no Natal de ter furtado um aparelho celular na Praça Nossa Senhora do Rosário, onde ficam vários jovens consumindo bebida alcoólica no ponto de vans, dias depois, os três suspeitos invadiram a sua casa na Vila 25 e tentaram matá-lo, porém a vizinhaça chamou a polícia e eles fugiram, no Réveillon eles encontraram Elenildo no mesmo local onde o celular teria sido furtado e passaram a monitorá-lo, ao chegar na Chácara São Vicente, eles aproveitaram o local ermo e executaram o rapaz com sete tiros de revólver calibre 38, depois fugiram utilizando um veículo Volkswagen.”

O trabalho de investigação contou com a P2 da Polícia Militar e durante a operação equipes da PM deram apoio nas buscas.