Secretários tentaram resolver o impasse, que durou o dia inteiro, mas não chegaram a um acordo.


A Casa de Custódia de Santana do Ipanema, município situado no Médio Sertão de Alagoas, recebeu na noite desta quinta-feira (16), feriado da Emancipação Política de Alagoas, 60 presos que estavam antes na Casa de Custódia de Maceió.

Os detentos tinham como destino final outro lugar, o Presídio do Agreste, que fica no município de Girau do Ponciano, todavia, ao chegar no local, os policiais penais se negaram a recebê-los, pois justificaram estar em greve, desde o dia 30 de agosto.

O site G1 informou que o secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar, e o secretário de Ressocialização e Inclusão Social, Cel. Marcos Sérgio de Freitas, estiveram pessoalmente no presídio do Agreste para tentar resolver o impasse, que durou o dia inteiro, mas não chegaram a um acordo.

Ainda de acordo com a reportagem do veículo da capital, o presidente do Sindicato dos Policiais Penais de Alagoas (Sinasppen), Victor Leite, disse que não foi apresentada nenhuma proposta durante a negociação do recebimento dos presos.

“Nós esperamos que o governador mude a postura e traga algo de positivo para a nossa categoria para que a gente possa chegar em um consenso, para que a gente possa chegar a alguma solução desse problema”, relatou Vitor ao G1.

Por volta das 20h, o repórter da rádio Milênio FM, Alberto Santos flagrou a chegada dos dois ônibus com os presos, bem como toda a escolta policial na frente da Casa de Custódia de Santana do Ipanema.

 

Por: Alagoas na Net.