Slider Recent


Acusado de participar de atentado a balas nas 369 casas é identificado pela Polícia Civil




O delegado regional Rodrigo Rocha Cavalcanti confirmou em entrevista ao italotimoteo.com.br que a polícia já tem o nome do indivíduo que é suspeito de participar de um atentado a balas que culminou na morte de uma pessoa e deixou outras duas feridas, no dia 24 de junho, no Conjunto Habitacional 369 Casas, no Bairro Caraibeirinhas em Delmiro Gouveia, Sertão de Alagoas.

O acusado trata-se de Vateilton Barbosa da Silva, mais conhecido como ‘Kinho’, 22 anos.

Segundo a polícia, ‘Kinho’ é suspeito de ter participado do primeiro atentado ocorrido no dia 20 de junho, na ocasião ele e outro individuo teriam ido até o conjunto habitacional para matar um jovem conhecido como ‘Cleiton’, porém eles não tiveram êxito e acabaram baleando a mãe do rapaz identificada como Cleide Rocha do Nascimento, 54 anos.

A segunda tentativa ocorreu quatro dias depois - no feriado de São João - ‘Kinho’ e outro rapaz identificado como Igor Francisco foram até a casa de ‘Cleiton’, mas foram surpreendidos ao adentrar no imóvel, houve uma troca de tiros e no tiroteio Igor Francisco se deu mal e morreu com um tiro a queima roupa de espingarda calibre 12 que atingiu a cabeça. A mãe de Cleiton novamente foi atingida com um tiro que atingiu o abdômen, a irmã do que seria ‘marcado para morrer’ também foi atingida. Elas se recuperam bem. ‘Kinho’ conseguiu fugir, a polícia não soube informar se ele foi atingido.

A confusão teria se dado, devido a uma confusão que ‘Cleiton’ teria se envolvido com os rapazes, na época, o ‘Cleiton’ teria esfaqueado um deles.

Com apoio da população que denunciou utilizando o Disque Denúncia (181), a polícia conseguiu identificar o suspeito, buscas foram realizadas na residência do criminoso, mas ele não foi localizado.

‘Kinho’ é considerado foragido da polícia e se alguém tiver informações do paradeiro denuncie pelos seguintes números (82) 3641-5630 ou 3641-5368, seu anonimato será garantido.



Matérias relacionadas:


Mulher é baleada após bandidos invadirem residência para matar seu filho em Delmiro Gouveia. Leia mais clicando, AQUI.
Adolescente é assassinado com tiro de 12, após tentar matar rapaz nas 369 casas em Delmiro Gouveia. Leia mais clicando, AQUI.

PC confirma que mãe e filha foram baleadas durante tiroteio nas 369 casas que resultou na morte de adolescente. Leia mais clicando, AQUI.