José Willams foi morto com golpes de canivete, pedradas e pauladas no feriado de Tiradentes.


Imagens de câmeras de segurança foram decisivas para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) comprovar que o jovem José Willams da Silva Mendonça Júnior, de 21 anos, furtou uma motocicleta antes de ser linchado, no bairro do Tabuleiro do Martins, em Maceió, no dia 21 de abril de 2022.

Pelo horário registrado na filmagem, ele aparece empurrando o veículo alguns minutos antes de ser abordado por um grupo de pessoas numa rua daquela localidade, todas suspeitas de tê-lo conduzido ao local da morte.

Responsável pela investigação do crime, o delegado Fábio Costa informou que a motocicleta foi furtada da porta de um mototaxista. O profissional estacionou na porta de casa e alegou, em depoimento, que não se lembrou de travar o veículo. Isto acabou facilitando o furto.

“Diante deste material, constatamos que José Willams foi linchado pela fúria dos populares que o descobriram logo após o furto da motocicleta. Enfurecidas, as pessoas tomaram a moto dele, o abordaram e o levaram para o local onde o linchamento aconteceu”, detalhou Fábio Costa.

Ele acrescentou que a apuração do justiçamento está bastante avançada. Até ser finalizada, em breve, a meta estabelecida pela equipe liderada pelo delegado é identificar todos os suspeitos do linchamento, tanto os que foram flagrados pelas câmeras conduzindo a vítima para o linchamento, assim como o casal que retorna ao local do crime para recolher o canivete, uma das armas utilizadas.

Quem tiver informações que possam colaborar com a identificação dos autores podem fazer contato com a polícia por meio do Disque-Denúncia 181.

O caso:

José Willams da Silva Mendonça Júnior foi encontrado morto no feriado de Tiradentes, na Rua Getsêmani, no Tabuleiro. A perícia confirmou que ele foi assassinado a golpes de canivete, pedradas e pauladas.

Quem tiver informações que possam ajudar a polícia podem entrar em contato por meio do Disque Denúncia.