Rosenildo Martins da Silva, conhecido como ‘Tita’, 44 anos, estava desaparecido desde a segunda-feira, 13. Ele foi encontrado na região de Canindé de São Francisco-SE, com sinais de torturas e marcas de tiros no rosto. 


Depois de ser noticiado o desaparecimento do vigilante Rosenildo Martins da Silva, conhecido como Tita, 44 anos, a Polícia Sergipana informou a Alagoana que um homem com as mesmas características havia sido encontrado no início da manhã desta quinta-feira, 15, na zona rural de Canindé do São Francisco – SE.

Comunicada a família esteve na cidade e confirmou a identificação do homem que residia no Assentamento Nova Esperança II, no município de Olho d’Água do Casado que estava desaparecido desde a última segunda-feira, 13.

Segundo relatos dos familiares, o homem foi encontrado com sinais de violência pelo corpo e com várias perfurações de arma de fogo no rosto. Um fato que chamou a atenção é que no corpo havia uma cédula de R$ 2,00. Segundo a polícia, a atitude é feita possivelmente por questões de dívidas.

A reportagem do italotimoteo.com.br conversou com o delegado Daniel Mayer, que informou que só havia tomado conhecimento do desaparecimento por meio da imprensa.

“Nossa equipe não foi procurada, a informação que tive é que eles procuraram a delegacia de Delmiro, porém iremos auxiliar no que for possível para ajudar nas investigações, uma vez que será de responsabilidade da Polícia Civil de Sergipe, já que o corpo foi encontrado no estado vizinho.” Declarou Mayer.

Ainda segundo o delegado, ‘Tita’ tinha uma passagem pela polícia pela Lei Maria da Penha. Os familiares inclusive chegaram a dizer a reportagem na noticia do seu desaparecimento que havia uma medida protetiva de sua ex-companheira.

‘Tita’ atuava com vigilante de um Restaurante que fica às margens do Rio São Francisco em Olho d’Água do Casado, no dia que ele desapareceu, os familiares disseram ter encontrado marcas de sangue. Sem informações do seu paradeiro, eles procuraram a delegacia de Delmiro Gouveia nesta quarta-feira, 14, onde registraram um Boletim de Ocorrência de desaparecimento, mas após a matéria ser divulgada em primeira mão pelo italotimoteo.com.br, a família recebeu o comunicado do achado de cadáver.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Aracajú, onde será liberado nesta sexta-feira, 16, para que a família possa realizar o sepultamento.