Últimas Notícias

Blogueiro Márcios Martins emite nota em direito de resposta a Prefeitura de Canapi



Saudações meus familiares, amigos, conterrâneos, conhecidos, desconhecidos e seguidores!

Venho por meio desta, agradecer do fundo do meu coração a cada um de vocês pelo apoio que tenho recebido mediante essa clara retaliação e perseguição que estou vivenciando como jamais vivenciei em 10 anos atuando como Jornalista/Blogueiro.

Agradeço em especial as mensagens de solidariedade e de apoio, mas principalmente a #SomosTodosMarcioMartins, #SomosTodosMarcio e ou similares.

E é por respeito e consideração a vocês que sobre a acusação de ter mentido que inclusive foi serviu de postagem para uma página sensacionalista no Instagram que me reporto a vocês com as devidas provas de que não menti quando disse em matéria veiculada no Blog Canapi Agora no dia 17 de Fevereiro deste corrente ano (2019) que a Prefeitura Municipal de Canapi havia empenhado quase 10 milhões de reais em contratos de locação de veículos com uma única empresa e de um capital social de apenas R$: 500 Mil reais, valor esse menor até do que o que havia empenhado de média mensal dentro do período aqui mencionado. Matéria esta, que inclusive é a peça principal dos 12 processos que foram movidos contra minha pessoa.

Tanto não menti e muito menos acusei a atual gestão municipal de qualquer desvio de dinheiro público, mas sim, apenas divulguei os altíssimos valores empenhados para pagamento de locação de veículos de uma única empresa num curto período de apenas 19 meses (01/01/2017 a 03/07/2018), conforme pode ser comprovando no link em anexo a seguir: (http://canapiagora.blogspot.com/2019/02/prefeitura-municipal-de-canapi-empenha.html)

Todavia, esta matéria juntamente com um extrato publicado no Diário Oficial de R$: 2,5 Milhões entre a Prefeitura e um Posto de Combustível local da qual não fiz matéria, mas sim apenas usei o contrato para deixar a livre interpretação e opinião do leitor o porque o(a) beneficiário(a) do respectivo contrato milionário assinaria uma declaração a pedido da empresa contratante, quando abaixo da imagem da publicação do contrato no D.O deixo a seguinte exclamação: Para um bom entendedor, uma palavra, ou melhor, uma imagem basta!

Ou seja, ao fazer tal exclamação, em momento algum deixo a transparecer que estamos diante de atos de corrupção, mas sim de interesses em comum entre fornecedor e contratante em manter uma boa relação onde um não desminta o outro publicamente, assim como se uniram para me desmentir, sendo que eu mesmo e minha tia por dois dias consecutivos ouvimos como resposta do responsável pela liberação do abastecimento que estavam apenas liberando para o abastecimento das ambulâncias, tanto que em um desses dias ela foi justamente na ambulância para Arapiraca onde fazia tratamento contra o câncer e no outro dia fomos pagando do próprio bolso em meu carro. Estando ainda, tudo devidamente explicado nesta outra matéria: (http://canapiagora.blogspot.com/2019/03/suspensao-do-abastecimento-de_1.html)

Já a outra matéria constante nos processos, decorre sobre a divulgação de uma outra matéria datada de 1º de Março de 2019, onde apenas dou publicidade aos valores destinados no orçamento/2018 para apoio as atividades esportivas no valor de R$: 25 Mil Reais, enquanto que para o gabinete do prefeito o valor foi 1400% maior R$: 357 Mil reais, conforme comprovam os prints anexos na referido matéria: (http://canapiagora.blogspot.com/2019/03/orcamento-do-gabinete-do-prefeito-de.html)

Agora reflitam e tirem suas própria conclusões com base nos seguintes questionamentos que deixarei abaixo, juntamente com os prints de todos os empenhos com locações da prefeitura no período de 01/01/2017 a 03/07/2018, e arquivos das demais matérias relacionada nos autor do processo.

Pergunto:

1 – Divulgar o que está no Portal da Transparência agora é crime?
2 – À medida que divulgo os valores empenhados pelas secretarias e prefeitura estou agindo contra a honra do prefeito e dos secretários?
3 – Devo ser processado pela interpretação equivocada que os leitores fazem das minhas matérias jornalísticas?
4 – Em que momento menti nas informações divulgadas não apenas nessas matérias aqui mencionadas, mas em qualquer outra matéria do blog?
5 – Como menti no caso da suspensão do abastecimento do posto de combustíveis se o próprio responsável pelo abastecimento me confirmou a suspensão, assim como a Ascom disse que tiveram problema no pagamento por conta do bloqueio de recursos pela justiça?
6 – Como posso ser processado por pessoas das quais sempre elogiei em público e em matérias no meu blog pelo trabalho que realizam a frente da gestão? (Conforme links em anexo: (http://canapiagora.blogspot.com/2018/05/assistente-social-recebe-homenagens-de.html) e (http://canapiagora.blogspot.com/2017/04/secretario-de-saude-se-destaca-e.html)
7 – Que interesse há em calar o jornalista e acima de tudo o cidadão Marcio Martins?

Finalizo, afirmando a todos o que já disse ontem na LIVE: Não irão me intimidar e a Justiça dará as devidas respostas para com tamanha perseguição política, prepotência e autoritarismo.

#NãoIrãoMeCalar

Abraços em Cristo!

Att;
Marcio Martins
Jornalista/Blogueiro e Escritor canapiense


























Sem comentários