Mortes aconteceram na região de Salvador. Alexandre Menezes foi atingido na cabeça durante patrulhamento. Os soldados Shanderson e Vieira Cruz retornavam do velório dele quando foram atingidos.

Três policiais militares foram mortos a tiros em menos de 24h, em Salvador neste final de semana. Dois deles quando retornavam do velório de um companheiro de farda que foi morto enquanto fazia um patrulhamento na região de Águas Claras.

A primeira morte ocorreu no final da noite de sábado, 7, Alexandre Menezes estava junto com a equipe fazendo rondas na região, quando foram surpreendidos por homens que atiraram na direção da viatura. O soldado foi baleado na cabeça.

De acordo com a PM, ele chegou a ser socorrido para o Hospital Professor Eládio Lasserre (HPEL), na própria viatura, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade médica.


O soldado Menezes era lotado na 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Cajazeiras. Em nota, a companhia e a corporação prestaram condolências à família e amigos de Alexandre.

Na noite deste domingo, 8, mais dois policiais foram mortos a tiros em Cajazeiras. O caso aconteceu em uma localidade conhecida como Invasão da Independência.

Na região, os bandidos encontraram os policiais e atiraram contra eles. Os soldados foram identificados como Shanderson, que chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Salvador, e Vieira Cruz, que recebeu os primeiros socorros ainda no local por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Até o final da noite deste domingo, 8, ninguém havia sido preso.