Marcos Bezerra da Silva, vulgo ‘Da china’, reagiu à prisão. Com ele a polícia encontrou arma e drogas.


O homem identificado como Marcos Bezerra da Silva, vulgo ‘Da China’, que morreu durante confronto com a Polícia Militar em Ouro Branco era acusado de crimes na cidade. Com ele, foi apreendido um revólver, munições deflagradas e intactas, além de drogas.

Segundo a polícia, ele era suspeito de tráfico de drogas e também de outros crimes que ainda não foram divulgados. O confronto aconteceu depois que militares do Pelotão de Operações Especiais (PELOPES) do 7º - Batalhão de Polícia Militar foram cumprir um mandado de prisão expedido pela 17ª Vara da Capital.

Na ocasião, o alvo recebeu a polícia a tiros que revidou e atingiu o suspeito. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Outras três pessoas foram presas, elas também são acusadas de praticar diversos delitos, além disso armas, drogas e outros materiais foram apreendidos.