Mandados de prisão em aberto, sequestro de criança e embriaguez ao volante foram algumas das ocorrências que a PRF atuou neste feriadão


Entre os dias 14 e 17 de abril, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a Operação Semana Santa. O feriado ficou marcado pelo grande fluxo de veículos nas rodovias federais do estado. Como esse fato já era esperado pela PRF, foi reforçada a fiscalização para coibir eventuais abusos de alguns motoristas.

Como resultado da fiscalização de trânsito, tivemos um aumento no número de pessoas fiscalizadas (2.367 condutores e passageiros) e de veículos abordados (1.172). 

O combate ao uso de álcool na direção de veículo automotor resultou em mais de 1.000 testes de etilômetro realizados e 12 pessoas autuadas. 

Outras infrações chamaram a atenção: Não uso do cinto de segurança (26), não uso do capacete (23) e ultrapassagens irregulares (37).

No combate à criminalidade, tivemos a prisão de duas pessoas por estarem com mandado de prisão em aberto, dois presos por dirigir sob efeito de álcool e um caso que chamou a atenção que foi o sequestro de uma criança que seria levada da Paraíba para o Rio de Janeiro.

Os acidentes graves foram reduzidos em quase 70%. Tivemos 7 vítimas graves e um total de 9 acidentes durante todo o período. Infelizmente tivemos uma vítima fatal no domingo.