A informação consta no boletim de ocupação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). 


Alagoas ultrapassou nesta quarta-feira (03), a marca de 200 pessoas internadas em leitos públicos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por causa da covid-19. A informação consta no boletim de ocupação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). 

Segundo o que consta no boletim, dos 296 leitos de UTI que foram disponibilizados pelo Estado, 206 estão ocupados. É a primeira vez na história da pandemia que Alagoas tem mais de 200 pessoas internadas.

 CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO 

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em Maceió, dos 169 leitos, 112 estão ocupados. A taxa é de 66%. Já no interior, dos 127 leitos, 94 estão ocupados. A taxa é bem maior que a da capital, totalizando 74%. 

No dia 6 de junho de 2020, a Sesau emitiu um boletim de taxa de ocupação de leitos em Alagoas e informou que dos 219 leitos de UTI, 172 estavam ocupados. 

Boletim Sesau 

Na tarde de ontem (02), mais 456 novos casos de covid-19 foram confirmados em Alagoas. Dessa forma, o estado tem 132.701 casos confirmados do novo coronavírus. 

Em investigação laboratorial, Alagoas tem 11.397 casos. Com relação ao número de óbitos, o estado tem 3.022 óbitos por covid-19. 

Setor produtivo rejeita lockdown

Durante uma reunião na manhã desta quarta-feira (03), na Associação Comercial, líderes dos mais variados setores da economia apresentaram uma proposta conjunta para contribuir para diminuição do fluxo de pessoas no transporte coletivo, bem como distribuir a presença de consumidores nas empresas por causa do crescimento de casos da covid-19. 

O setor produtivo fez uma série de medidas para substituir o lockdown, que já foi adotado em algumas cidades brasileiras.