Homens invadem casa, tentam matar mãe e filho, atiram na COPES e acabam sendo presos em Piranhas


Maurício Ramos da Silva e um adolescente de 17 anos foram presos no Bairro Nossa Senhora da Saúde, eles estavam com um revólver calibre 38. Vítimas escaparam ilesas, após munições falharem.


Dois homens acabaram sendo presos depois de tentarem matar mãe, filho e de atirarem nas guarnições da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (COPES-Caatinga), no município de Piranhas no Sertão de Alagoas. O caso aconteceu na Rua Delmiro Gouveia, no Bairro Nossa Senhora da Saúde, na cidade de Piranhas, no Sertão de Alagoas. Os acusados foram identificados como Maurício Ramos da Silva, 22 anos e um adolescente de 17 anos.

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP). Por volta das 17h, os elementos iniciaram a arrodear a residência de Wesley Cassiano de Araújo e Rubia Cassiano de Araújo. Em um certo momento eles acabaram invadindo e tentaram assassinar o rapaz que conseguiu escapar pelos fundos da casa. Tiros foram efetuados, mas apenas estilhaços atingiram o braço da mulher que entrou na frente dos criminosos, que tinham como objetivo matar o seu filho.

Em depoimento a equipe da Polícia Civil, Rubia Cassiano contou que Maurício Ramos ainda apontou o revólver na cabeça dela e atirou, porém a munição pinou e ela conseguiu escapar.

Insatisfeitos, os criminosos ainda invadiram a residência e efetuaram outros disparos.

A Polícia Militar foi acionada e equipes da Polícia Especializada em Área de Caatinga iniciaram buscas. Poucos metros da residência, os criminosos avistaram a viatura e atiraram em direção aos militares, que revidaram e iniciaram a perseguição. Eles foram capturados e presos em flagrante.

Na delegacia, Maurício chegou a zombar da polícia e da situação, alegando que tinha outras armas, inclusive uma pistola PT-100. Ele foi autuado por porte ilegal de arma e tentativa de homicídio.