Delegacia de Delmiro fica fechada aos finais de semana e flagrantes serão registrados em Santana


Situação corresponde a decisão de delegados que alegaram está trabalhando por mais de 40 horas semanais.


Quem precisou de algum serviço da Polícia Civil em Delmiro Gouveia neste final de semana, foi surpreendido com as portas do prédio fechada e com policiais cuidando apenas de presos. A situação aconteceu depois dos delegados decidirem em Assembleia Geral na Adepol cumprir a carga horária exigida - que corresponde a 40 horas semanais.

Com essa situação, os flagrantes passaram a ser realizados desde o dia 1º de dezembro na Delegacia de Santana do Ipanema. Somente neste final de semana, equipes da Polícia Militar do 9º - Batalhão de Divisas da Polícia Militar (9º-BPM), precisaram percorrer 100 quilômetros para registrar algumas ocorrências em flagrante, comprometendo inclusive a segurança do município, já que a viagem com o registro do procedimento custa mais de três horas.

Neste domingo, 8, a reportagem do italotimoteo.com.br foi até a delegacia e conversou com alguns policiais de plantão. Eles não quiseram se identificar, mas contaram que apenas estavam no prédio para fornecer a alimentação a algumas pessoas que estão presas.

A situação tende a ficar pior, segundo um dos policiais, caso haja algum homicídio, as equipes a realizarem os primeiros levantamentos terão que se deslocar de Santana até Delmiro Gouveia ou qualquer outra cidade circunvizinha. “Imagine que em um mesmo dia aconteça um homicídio na região do alto sertão e na região de Santana, a equipe que na maioria das vezes trabalha com cinco agentes e um delegado. Eles precisarão se desdobrar para atender as ocorrências, prejudicando até mesmo as investigações e deixando o corpo exposto por horas e horas.” Destacou um dos policiais.

Nossa reportagem tentou contato com alguns delegados, mas eles não quiseram se pronunciar oficialmente.

Saiba mais sobre o que levou a essa situação, clicando AQUI.

close
ÁGUIA PROTEÇÃO VEICULAR