Fapeal anuncia próximo edital de inovação, no valor de R$ 1,6 milhão, para outubro


Serão disponibilizados R$ 57 mil, individualmente, para até 28 jovens empresas, além de capacitações, mentoria e bolsas.


A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) começou a divulgar seu próximo edital de inovação, que será lançado em outubro deste ano. Em parceria com o Sebrae, o programa Centelha AL vai conceder R$1,6 milhão para até 28 novas empresas.

“A Fapeal fomenta ciência, tecnologia e inovação, e, nos últimos anos, também estamos fomentando empreendedorismo voltado à inovação”, explica Juliana Khalili, assessora de Projetos Especiais e Inovação da fundação. “É uma grande oportunidade para quem ainda está precisando de incentivo para montar um negócio”.

Em tese, qualquer pessoa pode concorrer ao edital, desde estudantes do Ensino Médio até uma empresa com faturamento abaixo de R$ 4,8 milhões por ano. Neste caso, só valem empresas criadas até 12 meses antes de o lançamento do edital. Se o interessado já possui o empreendimento há mais tempo, pode considerar a criação de uma spin-off (empresa derivada).

Para cada ideia vencedora, serão disponibilizados R$ 57 mil como recursos de subvenção econômica, ou a fundo perdido. Isto significa que não se trata de um empréstimo. O retorno exigido pela Fapeal é a geração de um negócio inovador.

Ao longo do processo seletivo, o programa vai oferecer três fases de capacitação para os proponentes do edital. Espera-se que sejam submetidas, pelo menos, 1.000 ideias inovadoras, de todo o estado de Alagoas. Ao final do processo seletivo, as 28 melhores propostas serão contempladas. Estes 28 projetos receberão mentoria e aceleração para o desenvolvimento do seu produto inovador.

Durante os primeiros seis meses de pré-incubação, os selecionados também vão contar com uma bolsa de R$2 mil reais para viabilizar a dedicação ao projeto.

Objetivos

O Centelha faz parte de uma iniciativa de fomento ao empreendedorismo inovador, em âmbito nacional - do qual participarão 21 estados - capitaneada pela Finep, a Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), além do CNPq, agência vinculada ao mesmo ministério.

Localmente, os parceiros da Fapeal, no Centelha AL, são a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, o Sebrae, a Federação das Indústria (FIEA) e o IEL.

O principal objetivo do programa é pegar uma ideia e transformá-la em um negócio, através de capacitação para os empreendedores, recursos financeiros e outras formas de suporte. Em Alagoas, a Fapeal visa fortalecer a cultura da inovação e do empreendedorismo e o ecossistema de inovação local.

“Até porque em âmbito nacional, o Centelha já conta com uma rede muito grande”, acrescenta Juliana Khalili. “Quem for contemplado no Centelha Alagoas terá uma marca forte e vai contar com parceiros de peso para alavancar sua empresa aqui no estado”, comenta a gestora.

Em todo o país, o programa visa gerar cerca de 20 mil empreendimentos novos e, possivelmente, 588 novas startups.

Expertise

A orientação do programa cabe à Fundação Certi, de Santa Catarina, detentora da metodologia do programa, que possui vasto know how em aceleração. A instituição vai auxiliar durante todo o processo até a abertura da empresa.

O lançamento do Centelha AL está previsto para 17 de outubro, em evento aberto aos interessados, no Palácio do Governo. O edital será publicado em www.fapeal.br no mesmo dia.

Até lá, mais informações podem ser acessadas no site nacional do Centelha. O programa foi apresentado pela Fapeal durante o evento MCZ Play, em palestras nos dos dias 21 e 22 deste mês.





close
Banner iklan disini