Acusado de matar músico Husani, volta a ser preso depois de colocar tornozeleira eletrônica em cachorro


Vagner Ferreira Estevão, vulgo “Ureia”, 28 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira, 12, no Bairro Siriema em Paulo Afonso-BA, durante uma operação das PC de Alagoas e Bahia.


Policiais civis de Alagoas e Bahia prenderam na manhã desta quinta-feira, 12, Vagner Ferreira Estevão, vulgo “Ureia”, 28 anos, acusado de matar o músico Husani Yau Gonçalves e Silva, no dia 24 de outubro de 2015, no Corredor da Folia, no centro da cidade de Delmiro Gouveia no Sertão de Alagoas. “Ureia”, foi preso no Bairro Siriema em Paulo Afonso-BA, através de um mandado de prisão preventiva expedido pela comarca de Delmiro Gouveia.

“Ureia”, já havia sido preso, no dia 13 de novembro de 2015, ele chegou a confessar ter matado o músico, devido a uma briga que os dois tiveram. Ele ficou alguns anos presos, e em 2018 ganhou liberdade e passou a usar uma tornozeleira eletrônica.

No mês de agosto, a justiça tentou localizar o suspeito, mas quando chegou na localidade ele não se encontrava. Foi constatado que o equipamento de monitoramento, utilizado pela Segurança Pública estava em um cachorro.

Após o caso, a justiça decretou a prisão preventiva, após um trabalho de inteligência, o suspeito foi capturado e preso. Ele se encontra na Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia à disposição da justiça.





close
Banner iklan disini