Suspeito de integrar o Comando Vermelho e praticar homicídios é preso no Distrito de Piau


Marciano é apontado pela polícia como autor de diversos homicídios na cidade de Piranhas. Ele era chefe de uma quadrilha formada por Wesley, morto em confronto e Diego preso em agência bancária.

Marciano - crédito: www.italotimoteo.com.br

Um homem suspeito de ser integrante do Comando Vermelho e ser responsável por diversos homicídios em Piranhas, foi preso no final da tarde deste domingo, 4, no Distrito Piau. O suspeito foi identificado como Marciano, ele foi preso por militares da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (COPES-Caatinga). Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela comarca local.

Informações apuradas pela reportagem do italotimoteo.com.br, através da polícia, dão conta que Marciano, Wesley e Diego seriam os ‘cabeças’ da criminalidade em Piranhas, principalmente no Bairro Nossa Senhora das Graças, mais conhecido como ‘Fazendinha’. Wesley morreu em confronto e Diego foi preso em uma agência do Banco do Bradesco, na última quinta-feira, 1. Esses dois jovens seriam responsáveis pela morte de um vendedor de quebra-queixos, ocorrido no mês passado no Bairro Nossa Senhora da Saúde.

Inclusive, em uma foto repassada pela polícia a reportagem, mostra Marciano e Wesley em um momento deles, na imagem o suspeito posa fazendo o símbolo do comando vermelho com os dedos.



Segundo os militares da COPES, eram realizadas rondas rotineiras no Distrito de Piau, quando os policiais se depararam com o homem suspeito. “Nós estávamos fazendo um patrulhamento de rotina, porém ao ver um homem suspeito decidimos abordá-lo, ele quis disfarçar que estava embriagado, mas logo vimos que seria uma estratégia dele.” Contou um policial que não quis se identificar.

Ainda segundo o militar, a camisa que ele utilizava foi crucial para a prisão, pois era a mesma que ele utilizava na fotografia obtida pela polícia.

Marciano foi preso e conduzido para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP).

Em contato com o delegado Daniel Mayer, que é titular da delegacia de Piranhas e está de plantão na regional, foi relatado que Marciano é acusado de matar dois homens identificados como Nego e Tonhão, os crimes foram ocorridos no Bairro Fazendinha em Piranhas.

Marciano está preso na delegacia de Delmiro Gouveia à disposição da justiça.