Exclusivo: prefeito de Ouro Branco teve que abandonar carro para não ser alvo de bandidos, diz PM


Edimar Barbosa provocou colisão em árvore e se escondeu no matagal. Ao se aproximar dos veículos bandidos atiraram e fugiram sem levar nada.

Edimar Barbosa teve o carro perfurado por tiros efetuados por bandidos.

O prefeito Edmar Barbosa viveu momentos de terror na noite desta quinta-feira, 11, enquanto visitava familiares na zona rural do município de Ouro Branco, no Sertão de Alagoas. Bandidos teriam lhe perseguido em uma moto, assustado o gestor resolveu abandonar o carro e se escondeu na mata. Revoltados os bandidos efetuaram vários disparos no veículo e fugiram sem levar nada.

Com exclusividade, a reportagem do italotimoteo.com.br, conversou por telefone com o Sub-tenente Melo, o oficial contou que o prefeito teria percebido que estava sendo perseguido por dois homens em uma motocicleta. “Segundo o seu depoimento ele sabia que a estrada estava em péssimas condições e para não deixar que os bandidos se aproximasse dele, resolveu colidir o carro em uma árvore e fugir pelo matagal. Os bandidos ao chegarem no veículo efetuaram vários disparos em direção ao lado do motorista, mas já não tinha ninguém dentro do automóvel.” Frisou o policial.


O sub-tenente ainda informou que Edimar Melo ficou escondido na mata e ouviu diversos disparos. “Ele estava só, existe 90% de chances de os bandidos terem tentado assalta-lo, mas como o veículo é potente, ele conseguiu se distanciar e evitar uma tragédia. Porém essa parte ficará para a Polícia Civil investigar e confirmar o que possivelmente aconteceu.” Ressaltou.

O veículo Chevrolet S-10 de cor branca e placa QLE-9495, foi retirado do local após a chegada de policiais militares. Duas equipes do Pelotão de Operações Especiais (PELOPES) do 7º - Batalhão de Santana do Ipanema com o apoio do Grupamento de Polícia Militar da cidade realizam buscas, na tentativa de capturar os criminosos.

O prefeito Edimar Melo esteve na Delegacia Regional de Polícia (2ª-DRP) de Santana do Ipanema registrando a ocorrência.