Autor de homicídio no Distrito de Piau é preso durante ação rápida da Polícia Militar


Djalma Alves dos Santos, 42 anos, foi preso poucos minutos após ter assassinado Amaurilho Soares da Silva, 43 anos.

Crédito: www.italotimoteo.com.br

Uma ação rápida da Polícia Militar resultou na prisão de Djalma Alves do Santos, 42 anos, acusado de matar Amaurilho Soares da Silva, 43 anos, no início da tarde desta sexta-feira, 19, no Distrito de Piau, no município de Piranhas, no Sertão de Alagoas.

Djalma Alves assassinou com golpes de machado Amaurilho Soares, depois de uma discussão. Na última segunda-feira, 15, Amaurilho já havia sido ferido com golpes de facão. A motivação teria sido uma confusão durante uma bebedeira entre amigos.

Segundo o comandante do Grupamento da Polícia Militar do Distrito de Piau, Marno Guerra, após cometer o crime Djalma Alves saiu tranquilamente nas ruas como se nada tivesse acontecido. “Recebemos informações onde ele estava e o prendemos próximo ao destacamento da Polícia Militar. Ele não resistiu à prisão e foi conduzido para a delegacia.” Destacou o policial.

Djalma Alves foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia, ele foi ouvido pelo delegado plantonista de Inhapi, Walter Fontes Cunha e autuado em flagrante por homicídio qualificado.

O caso:

Por volta das 12h30min, Amaurilho Soares teria sido visto em um bar em seguida ele foi até a residência de Djalma Alves na Rua Antônio Rosa de Queiroz, as margens da AL-220. Lá ele teria tirado satisfação com o homem que na última segunda-feira, 15, o agrediu com golpes de facão. Amaurilho teria ameaçado matar Djalma que não pensou duas vezes e desferiu uma machadada na cabeça do homem que morreu na hora.

Após o trabalho do Instituto de Criminalística (IC), o corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca. 

Por: Anderson Cleyverson - Colaborador.

Machado utilizado no crime. Crédito: www.italotimoteo.com.br





close
Banner iklan disini