Slider Recent


Mulher que residia em Delmiro Gouveia é presa em SE suspeita de assalto a banco


Maerla Martins Barros de 25 anos, foi presa nesta sexta-feira, 3, com mais dois rapazes identificados como Maciel Pereira de Macedo, 41, anos e Ginaldo Santos do Nascimento, 47 anos.

Uma das agências explodida pelo bando criminoso - Crédito: infonetSE
A jovem Maerla Martins Barros de 25 anos, foi presa nesta sexta-feira, 3, com mais dois rapazes identificados como Maciel Pereira de Macedo, 41, anos e Ginaldo Santos do Nascimento, 47 anos, acusados de participarem do assalto a banco a cidade de Umbaúba no Estado de Sergipe. Maerla Barros é natural da Bahia, mas residia em Delmiro Gouveia no Sertão de Alagoas. Os outros presos são naturais de Alagoas e Sergipe.

Maerla e os outros dois foram presos por volta das 15h, após uma denúncia que informava que um grupo de criminosos formado por dez pessoas do estado de Alagoas estariam homiziados em uma residência na zona rural de Cristinápolis-SE.

Segundo o delegado Dernival Eloi, que é diretor do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), durante as investigações foi constatado que a quadrilha usou uma moto e um veículo Hilux, ambos de cor preta, durante os assaltos que aconteceram em duas agências da cidade de Umbaúba na madrugada desta quinta-feira, 2.


Depois de obter sucesso na ação criminosa, o bando fugiu para a zona rural. “Nas filmagens constatamos oito indivíduos encapuzados e fortemente armados que fizeram disparos de armas de fogo com o intuito de intimidar a polícia, já que a Corporação também fica próxima as agências.” Destacou.

Ainda segundo o delegado, os assaltantes fugiram para zona rural em direção ao município de Indiaroba, mas foram denunciados ao Ciosp. “Com a ajuda a Divisão de Inteligência, da delegacia de Cristinápolis e do Ciosp chegamos ao proprietário dessa residência localizada numa área rural que confirmou ter alugado o imóvel para um grupo oriundo de Alagoas. Lá, fechamos o cerco e conseguimos prender três participantes, o restante conseguiu fugir, mas estamos no encalce para prendê-los o mais rápido possível.” Informou o delegado.
  
Explosões

Duas agências bancárias de Umbaúba foram explodidas na madrugada da última quinta-feira, 02. Os homens fugiram e jogaram taxas na estrada para que os pneus de quem os seguissem fossem furados. Equipes PRF interromperam o fluxo na altura do km 200, na frente da unidade operacional da PRF em Cristinápolis, por aproximadamente duas horas, evitando assim que os veículos tivessem seus pneus furados e os condutores e passageiros fossem expostos a risco. Ainda assim, cerca de 50 veículos tiveram seus pneus furados entre os Km 187 e 169 da BR 101/SE em virtude dos artefatos lançados no leito da via pelos assaltantes.

Com informações do infonet.com.br

Galeria


close
DIVINA LUZ