Slider Recent


Justiça concede habeas corpus e ex-vereador Júlio Brandão deixa a prisão


Ex-presidente da Câmara de Vereadores foi preso em setembro de 2018 e deixou a cadeia na última quinta-feira, 9.


Preso há oito meses, o ex-vereador do município de Mata Grande, Júlio Brandão, deixou o sistema prisional após um habeas corpus concedido pela Justiça alagoana. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), nesta segunda-feira (13).

Brandão foi libertado na última quinta-feira (9). O relator do processo, o desembargador José Carlos Malta Marques, votou a favor da soltura do ex-vereador, assim como João Luiz Azevedo Lessa e Sebastião Costa Filho. Já o desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas declarou suspeição e não votou.

O ex-vereador estava preso desde setembro de 2018, quando se entregou à polícia, após ter ficado por cinco meses foragido. Júlio Brandão e o irmão, o ex-prefeito de Mata Grande, Jacob Brandão, são acusados pelo Ministério Público Estadual (MPE/AL) de participar do desvio de mais de R$ 12 milhões dos cofres da prefeitura do município sertanejo, em um esquema criminoso envolvendo locadoras de veículos.

Assim como Júlio Brandão, Jacob Brandão também apresentou habeas corpos, mas teve o pedido negado pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL).

Galeria


close
DIVINA LUZ