Slider Recent


Amigos e familiares dão o último adeus ao copiloto Linaldo Xavier em Água Branca


Velório e sepultamento aconteceu no Povoado Tíngui, local onde Linaldo Xavier nasceu e se criou até os 18 anos.

Cortejo fúnebre foi acompanhado por amigos e familiares. Crédito: www.italotimoteo.com.br

Amigos da Polícia Militar, do curso de Engenharia Elétrica, Aeroclube e do dia a dia juntos com familiares participaram do último adeus ao copiloto Linaldo Xavier Rodrigues, 37 anos.

O velório e sepultamento aconteceram no Povoado Tíngui no município de Água Branca no Alto Sertão de Alagoas.

Na saída do corpo para o cemitério, um repentista cantou uma música em homenagem. Veja o vídeo logo abaixo:

História de Linaldo Xavier:

Linaldo Xavier era um grande sonhador, com seus 18 anos, saiu do Povoado Tíngui para morar em Delmiro Gouveia após passar em concurso do estado para o cargo de vigilante. Poucos anos depois ele foi aprovado no concurso de 2006 da Polícia Militar e passou a residir em Maceió, onde se formou em Engenharia Elétrica.  

Atualmente ele estava na reserva da Briosa Polícia Militar, após sofrer um acidente que o deixou com sequelas. Mesmo assim, ele não desistiu de sonhar e passou a estudar para se tornar um piloto de avião.

Linaldo Xavier vivia um momento mágico em sua vida, recentemente ele teve o visto aprovado e iria viajar para o Estados Unidos onde iria se aperfeiçoar o idioma para se tornar um piloto comercial.

O seu sonho acabou sendo interrompido, na tarde desta terça-feira, 27, durante um acidente aéreo ocorrido na área rural de Estância que vitimou três pessoas, Abraão Farias (piloto) e o cantor Gabriel Diniz.