Slider Recent


Acusado de matar professor no Piau irá responder por outro homicídio cometido em 2013


José Pedro da Silva, o ‘Pedrinho’, é suspeito de assassinar Claudevan dos Santos Davi, morto no dia 16 de novembro.

Pedrinho concedeu entrevista ao italotimoteo.com.br quando foi preso depois de matar o professor.
Uma equipe de Gerência de Polícia Judiciário da Região 4 (GPJ-4), sob coordenação do delegado Cícero Lima, deu cumprimento, nesta quarta-feira, 8, no presídio Cyridião Durval, no complexo penitenciário de Maceió, ao mandado de prisão preventiva em desfavor de José Pedro da Silva, 28 anos, conhecido como “Pedrinho”. Ele é acusado de assassinar um homem identificado como Claudevan dos Santos Davi, assassinado a tiros próximo ao Hospital do Xingó, por volta das 20h30min, no dia 16 de novembro de 2013.

“Pedrinho” está preso, pois é réu-confesso na morte do professor Macilon Vieira Barros, ocorrida no mês de fevereiro, crime esse cometido em frente ao Ginásio de Esportes do Distrito de Piau, as margens da AL-220.

Segundo o delegado Cícero Lima, as investigações apontaram que ‘Pedrinho’ e outro homem em uma motocicleta surpreenderam Claudevan Davi com vários tiros, enquanto ele caminhava pela rua. Após efetuar os tiros, ‘Pedrinho’ e o seu parceiro que não teve a identidade revelada fugiram tomando destino ignorado.

Cícero Lima ainda explicou que apesar do mandado de prisão ter sido expedido em 2018, ainda não havia sido cumprido, apesar do suspeito estar recolhido ao sistema prisional desde fevereiro deste ano.

O trabalho do GPJ-4, de pesquisa e levantamento de mandados de prisão em aberto da região do Sertão, constatou esta situação e, efetivamente, tratou de realizar e cumprir a diligência.