Doações de peixes pela Prefeitura de Água Branca será fiscalizada pelo Ministério Público


Além de Água Branca, outras prefeituras serão alvos da fiscalização. Entre elas: Delmiro Gouveia, Joaquim Gomes, Maragogi, Teotônio Vilela e outras.


A Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE), divulgou nesta quarta-feira, 17, que o órgão irá fiscalizar a Prefeitura de Água Branca e outras cidades que estão realizando a distribuição de pescados para a população carente durante a Semana Santa.

A Prefeitura de Água Branca realizou a entrega de seis toneladas de peixes, além de itens da Cesta Básica. As distribuições foram realizadas nesta quarta-feira, 17.

Além de Água Branca, serão investigadas as Prefeituras de Delmiro Gouveia, Joaquim Gomes, Maragogi, Teotonio Vilela, Anadia, Olho D’água Grande, Marechal Deodoro e Cacimbinhas.

No ano passado, o Ministério Público Estadual (MPE)/AL) chegou a abrir procedimento para investigar a qualidade dos peixes doados por uma prefeitura do Sertão de Alagoas na Semana Santa. A denúncia era de que a empresa escolhida teria entregue alimentos de qualidade inferior aos que foram adquiridos no pregão.

"Temos fiscalizado essas compras por meio das licitações. O problema é saber exatamente se o quantitativo entregue é o mesmo do pago. Estamos aperfeiçoando nossas ferramentas de fiscalização, justamente para evitar desvio de recursos", explicou o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça.