Últimas Notícias

Falta de energia prejudica abastecimento de água em 31 cidades de Alagoas

Fornecimento em Anadia e Maribondo foi suspendo da noite de domingo até a manhã desta segunda-feira; no Agreste, mais dez cidades ficaram sem água.


A falta de energia elétrica e a oscilação da tensão têm sido recorrentes em municípios alagoanos, o que tem comprometido o abastecimento de água. Nesta segunda-feira (1°), 31 cidades ficaram com o fornecimento prejudicado por conta das faltas de energia.

O Sistema Coletivo que abastece as cidades de Anadia e Maribondo ficou sem energia da noite deste domingo (31) até às 10h30 desta segunda.

Em Murici, a falta de energia na Estação de Captação Gravatá durou de 01h às 13h, enquanto na Bacia Leiteira 18 cidades ficaram com o abastecimento paralisado por conta de falta de energia na Estação Elevatória 02 (EE-02), que durou das 12h30 às 17h20.

Já na região Agreste, 10 cidades ficaram sem água por conta de falta de energia das 03h40 às 09h20 da manhã de hoje.

De acordo com técnicos da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), mesmo após o retorno do fornecimento elétrico, para que o abastecimento de água se normalize são necessárias cerca de 48h. Para as áreas rurais que possuem rede de distribuição de água, esse prazo poderá ser maior. Isso ocorre porque é preciso encher novamente os tanques das Estações de Tratamento de Água (ETA?s), efetivar o processo de tratamento, enviar o líquido para os reservatórios e, posteriormente, injetá-lo na rede, que precisa ser pressurizada antes que a água chegue aos consumidores.

Sem comentários