Últimas Notícias

Zé Cícero faz balanço do seu governo, fala do PT e sobre nomes para ser seu sucessor em Inhapi

Gestor  também falou sobre o concurso público que realizou, previsões para o ano de 2019 e sobre conquistas.


De forma pioneira, o portal italotimoteo.com.br iniciou um balanço do ano de 2018, com os gestores das cidades do alto sertão e demais políticos. Dessa vez, foi o prefeito de Inhapi, José Cícero, mais conhecido como ‘Zé Cícero’ do Partido dos Trabalhadores (PT).

Durante a entrevista, o prefeito respondeu diversas perguntas, entre elas a situação do PT no país, as conquistas em seu governo e ações previstas para os próximos anos.

Também foi destacado a realização do Concurso Público e a mudança que a cidade teve nos últimos anos, desde em que ele assumiu a Prefeitura Municipal. No final ele falou também sobre possíveis nomes para ser o seu sucessor a partir das eleições de 2020, já que está em seu segundo mandato consecutivo e não poderá mais disputar a eleição.

Confira abaixo:

Qual o balanço que faz do ano de 2018?

2018 foi um ano de muito esforço na gestão pública para manter o município funcionando bem. Atravessar esse ano já foi uma grande Vitória. As despesas aumentaram com as novas demandas que surgiram e as receitas caíram durante o ano. Mas estamos fechando o ano de cabeça arguida e com compromissos em dia. Ainda foi um ano de eleições duras contra os menores municípios.

O que esperar para o ano de 2019?

Pouca coisa de Brasília, união dos mais sofridos, clareza dos mais humildes, discernimento dos mais afoitos e sabedoria no povo para entender o mundo em que vivemos na busca de alternativas viáveis.

Quando você assumiu Inhapi em 2013, a cidade era um pouco atrasada no quesito de infraestrutura, no primeiro ano de gestão você mudou isso e tornou uma cidade mais organizada, gostaria que falasse sobre isso?

Inhapi no início de 2013 era só desmantelo, dívida pública fora de todos os limites permitidos, servidores desacreditados, população desassistida, descaso na gestão da coisa pública causando abandono no patrimônio que é de todos. Sequer Lei tinha no Município imagine outra coisa.

Grandes conquistas em sua gestão, quais foram?

Resumir tudo aqui, sinceramente, não dá. Mas posso citar algumas. Respeito aos servidores públicos, salários em dias, geração de emprego diretos e indiretos através das diversas obras na área da construção civil, como: creche, terminal rodoviário, unidade básica de saúde, escolas, mercado da agricultura familiar, pavimentação em 40 Ruas na Cidade e nos Povoados, quadra poliesportiva além das reformas constantes em toda estrutura física do Município. Investimento na agricultura com aração de terra, contrapartida em parcerias como garantia safra, construção de cisternas, poços artesianos, compra direta da agricultura familiar etc. Aquisição de máquinas, caçambas, carro pipa, outros carros para a saúde e assistência social, além de 6 ambulâncias novas. Valorização da cultura com eventos como a festa do carro de boi, apoio às tradições do reisado e outras, apoio ao esporte, e a criação de três importantes programa municipais: Prog. Jovem Vencedor, Prog. Água de Beber e Prog. Bolsa Família Municipal.

Sua gestão se destacou pelo concurso público, fala um pouco sobre ele e existe a possibilidade de acontecer outro até o fim de sua gestão?

O Concurso público feito por nossa gestão foi o maior e mais sério em toda a história de Inhapi. Tínhamos 220 servidores concursados e eu fiz um concurso para 235 vagas, foi o maior de todo o interior de Alagoas nesse período. Já chamei 230 pessoas e em breve chamo o restante. Com isso melhoramos o atendimento a população e revitalização o Fundo de Previdência do Município. Agora, sobre um novo concurso, não sei se terei ainda tempo de fazer nessa gestão, creio que não.

Críticas, como o gestor avalia?

Quando a crítica tem fundamento aproveito para melhorar nosso serviço para o povo. Quando a crítica é de pessoas que querem construí a desgraça onde não existe, muitas vezes querendo fazer politicagem baixa, simplesmente não dou valor.

Já tem um candidato para apoiar, já que você está no segundo mandato?

Temos candidatos em nosso grupo, temos inclusive mais de um, mas eu ainda não defini, isso porque quero que seja se possível um nome de consenso dentro do nosso grupo político, como ainda faltam quase dois anos para a eleição, estamos no meio do mandato, e eu entendo que o maior papel do prefeito é fazer gestão e não fazer somente política, prefiro continuar governando bem Inhapi para o bem de todos e no momento certo decidirei que nome devo apoiar para a sucessão do cargo.

Você é do Partido dos Trabalhadores (PT), mas nunca se envolveu em escândalos, gostaria que falasse sobre a situação política do PT no país?

Na verdade, o PT foi bombardeado pela grande mídia, não foi um caso de corrupção que fez uma parte da sociedade ver o PT como o pai da corrupção. O Lula está preso sem provas de crimes cometidos por ele, apenas delação premiada garante a prisão dele enquanto tantos outros políticos com provas robustas de crimes cometidos não ficam na cadeia. O problema do PT não foi a corrupção foi enfrentar a elite poderosa do nosso país, país onde todos os ricos tinham direito a luz e poucos pobres tinham o mesmo direito, aí o Lula traz Luz para Todos, enquanto a faculdade era privilégio de alguns ele trouxe a faculdade para que todos tivessem acesso, no governo do PT houve a maior geração de empregos, distribuição de riquezas, menos desigualdades e melhorias para os mais pobres. Passamos a disputar com as maiores potências do petróleo e chegamos a sétima maior economia do mundo, isso incomoda o capital internacional e a elite brasileira, foi aí que houve um grande acordo de queimar o PT, prender Lula e num golpe tirar Dilma Rousseff da presidência. Assim muita gente vendo apenas a TV acredita em qualquer coisa sem fazer nenhuma análise acha que a corrupção vem do PT.

Pensou em mudar de partido, após a chuva de críticas ao PT?

Não. Na verdade, não entrei no PT como algumas pessoas que entram para ser candidatas, entrei para ser militante. Sou do PT por convicção ideológica. Nosso partido nasceu no chão da fábrica, nas reuniões em baixo de árvores na luta da roça, nas lutas de classes por mais direitos e menos desigualdades.

Ponderações finais...  

Por fim, no final desse 2018 me sinto bem, consciência tranquila e a certeza do dever cumprido. Agora desejo a todos que 2019 seja um ano de muita sorte, de muito sucesso e felicidades para todos. Que tenhamos mais empregos e menos miséria, mais saúde e paz e menos violência. Que saibamos respeitar as diferenças porque os direitos de todos são iguais embora as pessoas sejam diferentes. Muito obrigado.

2 comentários:

  1. Reconheço o bom trabalho de prefeito zé Cícero, porem falar com convicção da situação do ladrão lula é um tiro no pé , lula enriqueceu corrompendo tudo e todos acabou com o ABC D. Maior região de fábricas do Brasil: porém petistas por convicção jamais mudaram.
    Mesmo assim sua gestão é uma das melhores já vista.

    ResponderEliminar
  2. Só rindo viu! Lula já foi condenado em duas instâncias que analisa o mérito, recorreu em todas as instâncias do judiciário e perdeu. Responde ainda por corrupção, lavagem de dinheiro, tráfico de influência e etc. Acha que o povo é besta para acreditar que Lula é o homem mais honesta do Brasil? Esta mais para o maior ladrão dessa nação.

    ResponderEliminar

close
Banner iklan disini