Slider Recent


IML divulga a identificação dos assaltantes de bancos mortos em confronto com a PCAL

Mortos são de diversos estados e alguns tinham passagens pela polícia pelos crimes de assaltos a banco, carro-forte e tráfico de drogas.


O Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca, divulgou nesta sexta-feira, 9, a identificação dos onze assaltantes de bancos que morreram na última quinta-feira, 8, durante um confronto com Agentes da Divisão Especial de Investigação e Captura (DEIC) e o Serviço de Roubos a Banco (SERB), que pertencem à Polícia Civil, na zona rural de Santana do Ipanema, no sertão de Alagoas.

Os mortos foram identificados como:

1-  Carlos Alberto de Lima, 30 anos, residente de Craíbas-AL.

2-  Francisco das Chagas Vieira de Barros, residente em Água Branca no estado do Piauí.

3-  Manuel Bezerra de Almeida, residente em Paulo Afonso – BA.

4-  Adjane da Silva, residente em Santana do Ipanema – AL.

5-  Evandro de Paula Lima, residente em Minador do Negrão – AL.

6-  André Luiz de Moraes Lima, residente em Serra Talhada – PE.

7-  Adeildo de Souza Timóteo, residente em Aracajú – SE.

8-  Cristiano Rômulo de Souza Rodrigues, residente em Salgueiro – PE.

9-  José Gutemberg Nogueira Santos, local onde residia não informado.

      Washington Antônio dos Santos, local não informado.

         Adriano de Souza Silva Júnior, local não informado.


Dos mortos, alguns tinham diversas passagens pela polícia. O morador de Água Branca no estado do Piauí, era considerado o terror do município. Segundo o site GP1, Francisco residia no Bairro Angelim em Teresina.

O outro era Cristiano Rômulo, esse já havia sido preso em Petrolina com um carro clonado, na época o Blog do Fanésio que publicou a matéria destacou que ‘Rominho’ como era mais conhecido, tratava-se de um assaltante de banco e carro-forte.

Adeildo de Souza Timóteo e Evandro de Paula Lima, já haviam sido presos em operações da polícia alagoana acusados de roubos a instituição financeiras.

Os mortos em confronto tiveram seus corpos necropsiado e em seguida foram liberados para sepultamento. Os familiares não quiseram falar com a imprensa.

O caso aconteceu na última quinta-feira, 8, os policias foram cumprir a prisão dos suspeitos que reagiram ao perceber a chegada da polícia, houve uma intensa troca de tiros e onze bandidos morreram, nenhum policial ficou ferido. Na ocasião armas, explosivos, coletes, munições e outros materiais foram apreendidos.

No imóvel em que eles estavam, os policiais apreenderam uma quantia de R$ 117 mil, fruto do roubo registrado na madruga daquele dia na Agência do Banco do Bradesco em Águas Belas – Pernambuco.


close
DIVINA LUZ