Slider Recent


“Foi um acidente”, diz suspeito de matar filho com tiro de espingarda 12 em AL

Acusado foi preso nesta quinta-feira (15), Josival Pinheiro dos Santos, de 27 anos, é suspeito de matar o próprio filho com um tiro de espingarda no último dia 13, em Ibateguara.


Preso nesta quinta-feira (15), Josival Pinheiro dos Santos, de 27 anos, suspeito de matar o próprio filho com um tiro de espingarda no último dia 13, em Ibateguara, declarou, em entrevista exclusiva à TV Pajuçara, que o disparo foi acidental e não teve intenção de tirar a vida de Thiago Pinheiro da Silva, de oito anos.

Detido após denúncia anônima, no município de São José da Laje, Josival relatou que a criança foi atingida no momento em que ele fazia a troca do cartucho da espingarda. "A arma caiu e disparou em direção ao meu filho. Foi um acidente. Não foi porque eu quis, eu jamais mataria meu filho. Eu estou sofrendo muito, não estou comendo e nem bebendo. Estou com o coração partido”, disse.

Sobre a primeira versão apresentada pela esposa e mãe de Thiago, Carleane da Silva dos Santos, ele afirmou que não houve agressão e nem ameaça contra ela. “Eu não apontei a arma para ela, minha cunhada é testemunha. Eu não agredi minha esposa, eu vivo há 11 anos e tenho sete filhos com ela", declarou.

Josival está preso dentro de uma cela do 115º Distrito Policial (115º DP), em São José da Laje.

Mãe confirma acidente

No dia da morte do filho, Carleane informou que o suspeito teria chegado na casa onde moravam após beber na residência da mãe dele. Segundo ela, Josival foi informado que ela iria embora com os filhos e teria encontrado ela na rua, quando começou a agredi-la.  Após o casal chegar em casa, o homem teria pego a espingarda que estava em cima do rack e apontado para ela. Após atirar, ele acertou o menino.

Nesta quinta, no 115º DP, a mulher confirmou que houve um acidente. "Eu estava com a cabeça quente. Até hoje eu tomo remédio pois queria tentar entender o que aconteceu. Ele não matou meu filho porque quis", disse.

Sobre as agressões, Carleane declarou que não aconteceram, diferente do que havia relatado antes, e que vive bem com o marido. "A gente não briga. Ele tem o serviço dele e é através do trabalho que ele sustenta nossos filhos. Foi um acidente", completou.

Por: TNH1


close
DIVINA LUZ