Slider Recent


Jovem que foi preso acusado de arrancar parte dos lábios da companheira com mordida e engolir é liberado pela justiça

Juiz plantonista determinou aos policiais civis à liberação de Antônio Carlos, vulgo ‘Dadá’, que foi preso neste domingo, 8.





O juiz plantonista concedeu liberdade ao jovem Antônio Carlos da Silva Santos, mais conhecido como ‘Dadá’, 21 anos, que é acusado de arrancar um pedaço dos lábios da sua companheira com uma mordida e logo depois engolir.

‘Dadá’, foi preso neste domingo, 8, depois que a vítima procurou a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), ele foi encontrado em sua residência na Rua José Raul Lacerda no Conjunto Habitacional Juliana. O rapaz não esboçou nenhuma reação, ao perceber a chegada da polícia.

O suspeito foi ouvido e autuado pela Lei Maria da Penha por lesão corporal grave, a vítima chegou a ser atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h) de Delmiro Gouveia.

Antônio Carlos chegou a ser transferido para a cadeia onde ficam os presos regionais, localizada no Distrito de Barragem Leste, mas com a decisão do magistrado já está solto e irá responder o crime em liberdade.

O rapaz já tinha passagem pela polícia por outro crime.